Pesquisar
Close this search box.

Enem dos concursos públicos, o que você precisa saber

Enem dos concursos públicos

Você já ouviu falar do Enem dos concursos públicos? Trata-se de uma proposta do governo federal de criar um concurso nacional unificado para recrutar e selecionar servidores públicos federais. A ideia é inspirada no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), sendo uma prova única que permite o acesso a diversas instituições de ensino superior. Neste post, explicaremos como funcionará o Enem dos concursos públicos, quais são as vantagens e desvantagens desse modelo e quando ele deve ser implementado.

Como funcionará o Enem dos concursos públicos?

A princípio, o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, o objetivo do Enem dos concursos públicos é centralizar e agilizar o processo de contratação de servidores públicos federais, que sofreu uma perda de 73 mil pessoas nos últimos seis anos1. O concurso nacional unificado será aplicado em cerca de 180 cidades, nas cinco regiões do país, de forma simultânea.

O candidato deverá escolher, no momento da inscrição, um dos blocos das áreas de atuação disponíveis no concurso. Os blocos são:

  • Administração e Finanças Públicas
  • Setores Econômicos, Infraestrutura e Regulação
  • Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação
  • Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento Agrário
  • Políticas Sociais, Justiça e Saúde
  • Trabalho e Previdência
  • Dados, Tecnologia e Informação Pública

Principalmente,No bloco escolhido, o candidato deverá indicar o cargo por ordem de preferência entre as vagas disponíveis. Terá duas provas: uma objetiva, igual para todos os candidatos, e uma específica, conforme o bloco de atuação escolhido. As questões específicas serão definidas pelas comissões organizadoras dos diferentes órgãos e entidades públicas cujas carreiras compõem um determinado bloco.

A nota final da prova dará direito ao candidato concorrer a mais de um cargo público. Os critérios de seleção, como formação e cursos, continuarão sendo exigidos. A maioria das vagas é para trabalhar em Brasília, mesmo com a realização da prova em outras cidades. Alguns órgãos, no entanto, têm vagas espalhadas por outras regiões.

Quais são as vantagens e desvantagens do Enem dos concursos públicos?

O governo federal afirma que o Enem dos concursos públicos traz impactos positivos para a sociedade brasileira ao ampliar e democratizar o acesso da população às vagas públicas. Além disso, diz que o modelo visa construir um serviço público com a cara do povo brasileiro, representando a diversidade da população e garantindo maior legitimidade à máquina pública.

No entanto, o Enem dos concursos públicos é alvo de críticas e questionamentos. Alguns pontos levantados são:

  • A falta de transparência sobre os critérios de distribuição das vagas por blocos, órgãos e regiões.
  • A dificuldade de preparação dos candidatos para uma prova genérica e abrangente, que pode não refletir as especificidades das carreiras.
  • O aumento da concorrência pelas vagas, já que o concurso atrairá candidatos de todo o país.
  • A possibilidade de fraudes e vazamentos na aplicação da prova, que envolverá milhares de pessoas em diferentes locais.
  • A insegurança jurídica sobre a validade do concurso.

Quando será o Enem dos concursos públicos?

O cronograma do Enem dos concursos públicos ainda é uma previsão. Os ministérios, fundações e autarquias terão até o fim de setembro para assinar o termo de adesão ao concurso nacional unificado. Com a certeza da participação, o governo federal publicará o edital, que deve sair em dezembro. A princípio, a prova está prevista inicialmente para o fim de fevereiro de 2024, mas admite que deverá ficar para março. Os resultados gerais da primeira fase devem ser divulgados até o final de abril de 2024 e o início dos cursos de formação, entre junho e julho do mesmo ano.

Você também pode gostar:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.