Pesquisar
Close this search box.

Bluetooth: o que é, como funciona e para que serve?

Bluetooth

Bluetooth é uma tecnologia sem fio de curto alcance que permite a troca de dados entre dispositivos fixos e móveis, como smartphones, tablets, notebooks, fones de ouvido, alto-falantes, impressoras, scanners e outros. Com o Bluetooth, você pode conectar seus dispositivos sem a necessidade de cabos ou internet, formando redes de área pessoal (PANs). Neste post, vamos explicar o que é o Bluetooth, como ele funciona e para que ele serve.

O que é o Bluetooth?

O Bluetooth é um padrão de comunicação sem fio criado em 1998 pelo Bluetooth Special Interest Group (SIG), um consórcio formado por empresas como Ericsson, Intel, Nokia, IBM e Toshiba. O nome Bluetooth vem do rei dinamarquês Harald Blåtand (Bluetooth em inglês), que unificou as tribos escandinavas no século X. O símbolo do Bluetooth é formado pelas iniciais do rei em runas nórdicas.

O Bluetooth usa ondas de rádio de baixa potência para transmitir dados entre os dispositivos. A frequência usada pelo Bluetooth é de 2,4 GHz, a mesma usada por outros dispositivos sem fio, como Wi-Fi e micro-ondas. Para evitar interferências, o Bluetooth usa uma técnica chamada salto de frequência (frequency hopping), que alterna rapidamente entre 79 canais diferentes dentro da faixa de 2,4 GHz.

O Bluetooth possui várias versões, que oferecem diferentes recursos e desempenhos. As versões mais recentes são o Bluetooth 5.0, lançado em 2016, o Bluetooth 5.1, lançado em 2019, o Bluetooth 5.2, lançado em 2020, e o Bluetooth 5.3, lançado em 2021. Algumas das principais características dessas versões são:

  • 5.0: aumenta a velocidade de transmissão para até 2 Mbps (megabits por segundo), o alcance para até 240 metros e a capacidade de conexão para até 8 dispositivos simultaneamente.
  • 5.1: adiciona a função de localização precisa dos dispositivos, usando técnicas de ângulo de chegada (AoA) e ângulo de partida (AoD), que permitem medir a direção e a distância dos sinais.
  • 5.2: introduz o codec LC3 (Low Complexity Communication Codec), que melhora a qualidade do áudio e reduz o consumo de energia dos dispositivos. Também permite a conexão simultânea de vários fones de ouvido ou alto-falantes a uma única fonte de áudio.
  • 5.3: otimiza o uso do espectro de rádio e aumenta a eficiência da transmissão dos dados. Também melhora a segurança e a privacidade dos dispositivos.

Como funciona?

Você precisa ter dois ou mais dispositivos compatíveis com essa tecnologia e ativá-la nos seus aparelhos. Depois, você precisa parear os dispositivos, ou seja, estabelecer uma conexão entre eles. O pareamento pode ser feito de diferentes formas, dependendo dos dispositivos:

  • Por meio de um botão físico ou virtual no dispositivo, que pode ter o símbolo do Bluetooth ou as letras BT.
  • Por meio de um código PIN (número de identificação pessoal) de quatro dígitos, que deve ser digitado em ambos os dispositivos.
  • Por meio de um código QR (código de barras bidimensional), que deve ser escaneado com a câmera do dispositivo.
  • Por meio da tecnologia NFC (Near Field Communication), que permite a troca de dados por aproximação dos dispositivos.

Uma vez pareados, os dispositivos podem se comunicar entre si sempre que estiverem no alcance do Bluetooth e com ele ativado. O alcance varia conforme a classe do dispositivo:

  • Classe 1: tem uma potência máxima de 100 mW (miliwatts) e um alcance médio de 100 metros.
  • Classe 2: tem uma potência máxima de 2,5 mW e um alcance médio de 10 metros.
  • Classe 3: tem uma potência máxima de 1 mW e um alcance médio de 1 metro.

A maioria dos dispositivos móveis usa a classe 2, enquanto os dispositivos fixos, como roteadores e pontos de acesso, usam a classe 1.

Para que serve o Bluetooth?

Acima de tudo, permite conectar dispositivos sem fio e trocar dados entre eles. Com o Bluetooth, você pode:

  • Transferir arquivos, como fotos, vídeos, músicas e documentos, entre dispositivos.
  • Sincronizar dados, como contatos, calendários e mensagens, entre dispositivos.
  • Compartilhar a conexão de internet de um dispositivo com outro.
  • Usar dispositivos periféricos, como teclados, mouses, impressoras e scanners, com um dispositivo central.
  • Usar dispositivos de áudio, como fones de ouvido, alto-falantes e microfones, com um dispositivo de som.
  • Usar dispositivos de controle remoto, como smartwatches, pulseiras inteligentes e óculos de realidade virtual, com um dispositivo principal.
  • Usar dispositivos de monitoramento, como sensores de temperatura, umidade, movimento e presença, com um dispositivo central.

Acima de tudo, é uma tecnologia versátil e prática, que facilita a comunicação entre os dispositivos sem fio. No entanto, ele também tem algumas limitações e desafios, como:

  • A dependência da bateria dos dispositivos, que pode se esgotar rapidamente com o uso.
  • A interferência de outros dispositivos sem fio que usam a mesma frequência, como Wi-Fi e micro-ondas.
  • A incompatibilidade entre as diferentes versões do Bluetooth, que pode impedir ou dificultar a conexão entre os dispositivos.
  • A vulnerabilidade a ataques de hackers, que podem tentar invadir ou interceptar os dados transmitidos.

Por isso, é importante usar com cuidado e responsabilidade. Algumas dicas para isso são:

  • Desativar quando não estiver usando-o, para economizar bateria e evitar conexões indesejadas.
  • Parear apenas com dispositivos confiáveis e conhecidos, e não aceitar solicitações de pareamento desconhecidas.
  • Usar senhas fortes e únicas para os seus dispositivos e alterá-las periodicamente.
  • Atualizar o software dos seus dispositivos para a versão mais recente disponível.

Você também pode gostar:

Este blog utiliza cookies para garantir uma melhor experiência. Se você continuar assumiremos que você está satisfeito com ele.